• Assessoria de Imprensa

Volvo investe R$ 1,2 bilhão no Paraná


O governador Beto Richa assinou protocolo de intenção com a Volvo do Brasil, que irá investir R$ 1,2 bilhão, até 2015, na ampliação de sua planta industrial na Cidade Industrial de Curitiba. A empresa irá produzir novos veículos, entre eles a nova linha de caminhões VM, lançada pela montadora no ano passado. Além disso, irá instalar um centro de armazenagem e distribuição em São José dos Pinhais, construir prédios administrativos, centro de treinamento e de produção na unidade de Curitiba, além de projetos de melhoria de eficiência e de capacidade produtiva da planta.

O investimento é realizado desde 2010 e passa agora a ser apoiado pelo governo estadual, por meio do programa Paraná Competitivo. O protocolo foi assinado pelo governador, pelo presidente do Grupo Volvo América Latina, Roger Alm, e pelo vice-presidente de Recursos Humanos e Assuntos Corporativos da Volvo, Carlos Morassutti. O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Valdir Rossoni.

“Mais um grande investimento para o Estado”, afirmou o governador Beto Richa. “Um empreendimento de uma montadora do porte, respeito e do conceito mundial da Volvo, que por sinal tem a marca do pioneirismo no Paraná, pois foi a primeira montadora a se instalar no Estado e a primeira empresa da Cidade Industrial de Curitiba. Hoje, para nossa alegria, anuncia mais um importante investimento. Até pelo conceito da Volvo, outras empresas virão ou, as já instaladas, poderão aumentar a produção na esteira desse investimento”, afirmou Richa.

Ele ressaltou que a política adotada pelo governo estadual já resulta em investimentos de R$ 30 bilhões em novos empreendimentos, com potencial para criação de 180 mil empregos diretos. “O estado colhe os frutos de um projeto de crescimento econômico estrategicamente planejado, que dissemina investimentos, emprego e oportunidades em todas as regiões”, afirmou Richa. “Estamos felizes por garantir vida mais próspera, com mais qualidade de vida para os paranaenses, com desenvolvimento sustentável, consistente e permanente para o Paraná.

Para o Deputado Federal e Ex-secretário da Fazenda do Paraná, Luiz Carlos Hauly, um dos formuladores do Paraná Competitivo, os números mostram, em apenas três anos, as grandes conquistas deste programa. "Além das condições pactuadas com as empresas, por meio do diálogo com todos os segmentos, a garantia de segurança jurídica oferecida pelo Governo Beto Richa devolveu a credibilidade e criou no Paraná um ambiente favorável para os negócios, independente do tamanho da empresa", disse Hauly.

EMPREGO

Desde o início da ampliação, em 2010, a montadora já gerou 1.100 empregos diretos. Primeira empresa automobilística a se instalar no Paraná, ainda nos anos 1970, a fábrica da Volvo emprega hoje mais de 4,1 mil pessoas diretamente e propicia outros 2,8 mil empregos indiretos. A fábrica da Volvo no Paraná produz, por ano, cerca de 28 mil veículos, entre ônibus e caminhões.

“Nós estamos investindo há bastante tempo. Temos feito, nos últimos anos, grandes investimentos nessa fábrica e continuamos investindo para o futuro, pois acreditamos no mercado brasileiro e, principalmente, nesta planta do Paraná, que não atende só o Brasil mas também a América do Sul como um todo”, ressaltou Morassutti. Ele também destacou o apoio do Paraná Competitivo para a concretização do investimento. “É um programa importante para as indústrias, para o governo e para a sociedade, que gera investimentos de todas as formas”, completou.

A empresa tem se destacado pela adoção de modernas diretrizes ambientais no processo de fabricação dos produtos. Além disso, mantém o Centro Volvo Ambiental, destinado ao desenvolvimento de projetos culturais, de lazer e pesquisa, com foco na conservação ambiental e preservação da cultura.

“O Paraná Competitivo é um dos maiores sucessos do Governo do Estado na medida em que agrega ao Paraná mais tecnologia, incremento na mão de obra e na geração de empregos, além da profissionalização e qualificação de nossa mão de obra”, destacou o secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Horácio Monteschio.

Participaram da cerimônia os secretários estaduais da Fazenda, Eduardo Sebastiani; o presidente da Fomento Paraná, Juraci Barbosa; o presidente da Paraná Desenvolvimento; Carlos Alberto Gloger; o presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), Gilmar Mendes Lourenço; o deputado estadual Luiz Carlos Hauly.



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo