• Agência Senado

Senado aprova ano da Holanda no Brasil

O projeto de Lei da Câmara 180/2010 que institui o ano da Holanda no Brasil foi aprovado nesta terça-feira, 14, pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal. Apresentado, na Câmara, pelo deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR) e mais 18 parlamentares, o projeto foi relatado pelo senador paranaense Álvaro Dias (PSDB) que reiterou a importância de haver um ano especial para celebrar a integração das famílias de descendentes de holandeses no Brasil como reconhecimento de todos os brasileiros ao importante legado das comunidades holandesas em nosso País. “Em 1911 a comunidade holandesa se instalou em Carambeí (PR) e se destacou pela agricultura e cooperativismo, tendo sido responsável pela criação da primeira cooperativa agroindustrial no Brasil”, afirmou. “Sendo assim, é justa e meritória a iniciativa de instituir 2011 como o Ano da Holanda no Brasil, não apenas para celebrar o centenário da imigração holandesa, mas também para consolidar as relações de amizade entre os dois países, e a integração cultural entre os dois povos”, disse o Senador. O deputado Hauly, que trabalhou pela aprovação do projeto, disse que a criação desta data é a demonstração de que o Brasil mantém a característica de trabalhar pela promoção da integração e valorização de culturas. “Somos resultado da miscigenação de migrantes de todos os continentes que escolheram nosso país como seu lar”, disse ele. Os Estados do Paraná, São Paulo e Rio Grande do Sul receberam migrantes da Holanda num processo migração que completa 100 anos. Iniciando por Carambeí expandiu sua influência em Arapoti e Castro (PR), Não Me Toque (RS), Holambra e Paranapanema (SP). Na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei o Projeto de Lei nº 6.498, de 2009, foi aprovado, sem emendas, e em caráter conclusivo, pelas Comissões de Educação e Cultura (CEC); e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC). No Senado Federal, o PLC nº 180, de 2010, foi distribuído para a apreciação exclusiva, e em sede de decisão terminativa, da Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE). O projeto segue para sanção presidencial. O embaixador holandês, Kees Pieter Rade, esteve presente durante a votação desta quarta. Também participou o chefe de gabinete da Prefeitura de Carambeí, Mauricio Bernardo.


0 visualização0 comentário