top of page
  • Prefeitura Apucarana

Apucarana inaugura memorial aos Oblatos de São José

Atualizado: 20 de dez. de 2022


Com a presença de padres josefinos, autoridades municipais e membros da comunidade católica, o prefeito Júnior da Femac entregou nesta quinta-feira (15/12) a revitalização da Praça Duque de Caxias. Localizado nas imediações do Colégio São José, o logradouro, que teve suas dimensões remodeladas em formato de rotatória para resolver conflito viário existente, foi reestruturado como memorial em homenagem os 100 anos da presença dos Oblatos de São José no Brasil, celebrados em 2019, e os 74 anos da atuação em Apucarana e Vale do Ivaí.


Além de manter equipamentos de convivência comunitária, a praça ganhou dois monumentos. O primeiro reproduz um livro com várias páginas e tem inscrita a frase de São José Marello, fundador da Congregação dos Oblatos de São José, que diz: “A caridade deve predominar sobre todas as nossas ações, ela consolida a fé, aumenta a esperança e nos une mais intimamente a Deus”.


Já o segundo monumento abriga uma cápsula do tempo, a qual está lacrada com mensagens, imagens e documentos que será reaberta somente no ano de 2070. “Esta revitalização representa a Apucarana que dá certo e que reverencia a atuação dos josefinos, que chegaram em 1948 quando a cidade ainda não tinha cinco anos de emancipação e, desde então, atuam com grande destaque na evangelização de pessoas e na educação pedagógica de crianças e jovens por meio do Centro Educacional Infantil O Girassol e do Colégio São José”, pontuou o prefeito Júnior da Femac.


Em nome da Congregação dos Oblatos de São José, o padre Jose Antônio Bertolin agradeceu à homenagem. “Um monumento significativo para nossa cidade, um presente que agradecemos à administração municipal, através do então prefeito Beto Preto, que iniciou este sonho, e ao atual prefeito Júnior da Femac, que deu execução ao projeto.


Nossos agradecimentos também ao ex-deputado Luiz Carlos Hauly, que nos atendeu muito bem e viabilizou os recursos federais necessários”, pontuou o religioso, citando que nos dias atuais a Congregação conta com mais de 500 membros em casas religiosas no Brasil (em cidades dos estados do Paraná, São Paulo, Mato Grosso e Maranhão), Itália, Polônia, Espanha, Índia, Filipinas, Estados Unidos, Nigéria, Moçambique, México, Peru, Bolívia, Austrália, El Salvador e Indonésia.


Elaborado pelo Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan), a execução do projeto através de empreiteira licitada foi acompanhada pela Secretaria Municipal de Obras. “Além dos monumentos em homenagem aos oblatos de São José, o projeto contemplou reforma das calçadas, instalação de piso tátil, bancos e mesas de xadrez, caminho sensorial, lixeiras, iluminação em LED e paisagismo”, detalha Ângela Stoian Penharbel, secretária Municipal de Obras.


O investimento foi na ordem de R$250 mil conquistados pelos oblatos junto ao Ministério do Turismo através de emenda parlamentar do ex-deputado federal Luiz Carlos Hauly, que no ato de inauguração esteve representado pelo filho, Lucas Hauly. “A empreiteira vencedora da licitação foi a Pires Construções e Engenharia Ltda., de Apucarana”, conclui a secretária.


História – Fundada em 1878, na Itália, pelo jovem sacerdote José Marello, a Congregação dos Oblatos de São José está presente no Brasil desde 1919, quando os primeiros oblatos missionários chegaram no Rio de Janeiro (05 de outubro) e em Curitiba (17 de outubro). O Carisma dos Oblatos de São José é cuidar dos interesses de Jesus e de sua Igreja tendo como modelo São José – homem simples e humilde – que na função de pai e educador de Jesus dedicou-se totalmente à causa do Reino de Deus.


Presenças – Além do prefeito Júnior da Femac e do padre José Antônio Bertolin, a inauguração da praça memorial contou com a presença do vice-prefeito Paulo Sérgio Vital, dos padres João Batista e Paulinho Amaral, que representou a Diocese de Apucarana, de Lucas Hauly, filho do ex-deputado Luiz Carlos Hauly, da diretora-geral da Rede OSJ de Educação, Ângela Basso, do diretor do Colégio São José de Apucarana, Tiago Luis de Almeida, dos vereadores Jossuela Pirelli, Marcos da Vila Reis, Tiago Cordeiro, Toninho Garcia, Luciano Facchiano, Rodrigo Liévore e Moisés Tavares, além de secretários municipais, da Banda Municipal Maestro João Florindo da Silva, e do ex-prefeito de Apucarana, Voldimir Maistrovicz (Mirão), que durante seu mandato (1977 a 1982) foi responsável pela criação da Praça Duque de Caxias.



Fonte:

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page