• Agência de Notícias do Paraná

Ambev confirma fábrica em Ponta Grossa


A indústria de bebidas Ambev – empresa que produz 16 marcas de cerveja, como Skol, Brahma e Antartica, entre outras – conclui ontem acordo com a Secretaria de Estado da Fazenda para a instalação de uma unidade de produção em Ponta Grossa. O investimento, segundo a Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, é de R$ 350 milhões, com a geração de 500 empregos diretos e 3 mil indiretos.


e acordo com o secretário de Estado da Fazenda, Luiz Carlos Hauly, a empresa será incluída num programa de incentivos e o protocolo de intenções será assinado assim que o governador Beto Richa volte de viagem. Segundo Hauly, a construção do protocolo de intenções deve durar aproximadamente um mês. “Fizemos tudo o que foi possível através da Secretaria da Fazenda para a vinda da Ambev. Trabalhamos há meses para que isso se concretizasse e estamos bastante satisfeitos”, diz.


O deputado estadual Plauto Miró – que participou de todas as etapas de negociações – comemora o resultado e diz que a reunião entre o governo do Estado e a direção da Ambev foi ‘extremamente favorável’.


Para o prefeito de Ponta Grossa, Pedro Wosgrau Filho, a vinda da Ambev para Ponta Grossa foi possível graças ao programa ‘Paraná Competitivo’, lançado no início do ano pelo governo estadual com o objetivo de atrair novos investidores, possibilitar a ampliação dos já existentes e a reativação de empresas.


Além disso, Wosgrau destaca que a instalação de uma empresa do porte da Ambev em Ponta Grossa é um avanço para a cidade, que ganha mais empregos e gera mais impostos. “Com mais impostos gerados teremos mais recursos para atender as necessidades da cidade”, destaca. O chefe do Executivo acrescenta ainda que as negociações com a Ambev começaram há aproximadamente um ano e meio. “A expectativa sempre foi positiva”, comemora.


Segundo informações do secretário Municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, João Luis Kovaleski, a área em que será instalada a unidade fabril da Ambev em Ponta Grossa tem 1,5 milhão de metros quadrados e não foi doada pelo governo municipal. Ele afirma que a Ambev sondou quatro áreas no Município, sendo duas na região Sul e duas na região Norte, próximas à unidade da Batavo. “Temos conhecimento que a fábrica de Ponta Grossa será uma das mais modernas da empresa, mas, por enquanto, não temos conhecimento em qual das regiões a fábrica será instalada”, diz.


Apesar da Ambev se pronunciar a respeito de investimentos e empregos na cidade somente após a assinatura do protocolo de intenções, o secretário Kovaleski afirma que o investimento na unidade fabril de Ponta Grossa será de aproximadamente R$ 350 milhões, com a geração de 500 empregos diretos e outros 3 mil indiretos.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo